Mais Recentes em Solidariedade

Organizações, movimentos e representantes parlamentares da Palestina e da Bahia estão pedindo a ruptura do acordo de cooperação técnica que as empresas públicas baianas de água, Embasa e CERB, assinaram em 2013 com a empresa estatal israelense da água Mekorot.

  • G4S vem perdendo contratos de milhões de dólares em dezenas de países depois de campanhas BDS protestando sobre seu papel na prisões, colônias e postos de controle israelenses

  • A campanha contra a G4S continuará sendo uma alta prioridade do BDS até que as vendas anunciadas sejam finalizadas

  • O movimento BDS continuará apoiando boicotes contra a G4S em relação a encarceramento em massa globalmente

A esperança é que o governo brasileiro ouça às vozes do forte e crescente movimento global por um embargo militar a Israel. Dezenas de movimentos sociais, partidos políticos, centrais sindicais, acadêmicos e parlamentares brasileiros fazem coro a este pedido

 

EMPRESA SIONISTA ISDS ASSUME SEGURANÇA DA RIO 2016!

 

A israelense ISDS -- ligada ao “terrorismo seletivo” na Palestina e em toda América Latina -- vai coordenar a “segurança” da Rio2016.

 

ISRAEL USA TECNOLOGIA PARA MATAR CIVIS PALESTINOS: NÃO QUEREMOS A INDÚSTRIA DA MORTE EM SANTO ANDRÉ
 

A origem do conflito: sionismo e colonialismo na Palestina

Sul21 numa conversa interessante com os fotógrafos paranaenses Leandro Taques e Rafael Oliveira que tiraram as fotos para a exposição “Retratos da Resistência – Um povo que luta para não desaparecer”. O acervo conta com uma série de fotografias sobre a Palestina que foram tiradas durante sete dias de abril do passado, quando os brasileiros estiveram na região. A exposição está nesse momento na Assambleia Legislativa de Rio Grande do Sul.

 

Sul21 numa conversa interessante com os fotógrafos paranaenses Leandro Taques e Rafael Oliveira que tiraram as fotos para a exposição “Retratos da Resistência – Um povo que luta para não desaparecer”. O acervo conta com uma série de fotografias sobre a Palestina que foram tiradas durante sete dias de abril do passado, quando os brasileiros estiveram na região. A exposição está nesse momento na Assambleia Legislativa de Rio Grande do Sul.

 

O governo de Rio Grande do Sul entregou nesta terça-feira uma carta aberta ao embaixador da Palestina Ibraim Alzeben para declarar como “sem objeto” o protocolo assinado com a subsidiária da israelense Elbit Systems, a AEL Sistemas, localizada em Porto Alegre.

 

A Rio2016 e a ISDS


No dia 22 de outubro o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016  anunciou a escolha da empresa israelense ISDS como empresa “integradora” da segurança dos Jogos Olímpicos. A mídia informa que o contrato prevê:

Oakland fez história uma vez mais com uma grande vitória BDS pela Palestina, contra a companhia marítima israelita Zim.

O Zim Pekin que se dirigia para o porto de Oakland foi reencaminhado directamente para a Rússia para evitar perturbações no terminal SSA. Pela primeira vez, um navio israelita foi completamente desviado antes de ter alcançado o seu porto de destino.

Enquanto escrevo este artigo, bombas caem ao nosso redor.

A eletricidade é extremamente restrita, a água dificilmente está disponível, há barulhos assustadores de bombardeios, mísseis, aviões e explosões constantes.

Fico acordado à noite, com medo, aguardando os bombardeios; acordado de dia, ajudando os feridos, procurando alimentos, remédios, enterrando nossos mortos e à procura das ruínas do que foram outrora casas de família.

Um manifesto com mais de 80 assinaturas de organizações da sociedade civil e de ativistas políticos pede ao governo brasileiro medidas mais enérgicas em relação à Israel como forma de sanção pelos ataques à Faixa de Gaza.

Com mais de uma semana do início dos ataques de Israel ao povo palestino e com ameaças reais de uma escalada da agressão para os países vizinhos, vemos aumentar o número de pessoas em nosso país lamentando à distância este conflito com profundas raízes históricas.
 

Intelectuais de diversos países divulgaram uma carta aberta em que pedem por embargo militar a Israel como forma de pressionar pelo fim das agressões e da ocupação na Palestina. Segundo o documento, as trocas comerciais e militares com o país financiam o regime israelense que nega direitos ao povo palestino.

Os principais juristas internacionais e redes legais de todos os continentes, entre eles: relatores especiais da ONU, ex e atuais juízes, professores de direito, bem como as associações profissionais nacionais e continentais; convidam o Secretário Geral das Nações Unidas, Ban-Ki Moon e demais líderes mundiais a tomar “ações concretas “contra o Muro de Israel na Cisjordânia ocupada.

Estudo de caso do Rio de Janeiro

 

I) Implicações das relações militares entre Brasil e Israel:

 

Coordenação dos Movimentos Sociais do Brasil pede a suspensão do acordo com a Elbit Systems assinado pelo governo do Rio Grande do Sul e exige um embargo militar imediato a Israel

10/05/2013

 

Coordenação dos Movimentos Sociais

 

Palestina Ocupada, 30 de Março 2011 – No terceiro dia de Ação Global de Boicote, Desinvestimento e Sanções contra Israel que teve lugar no Dia da Terra Palestina (30 de Março), anunciamos a publicação do desconcertante e potencialmente explosivo relatório da ONG Stop the Wall sobre as crescentes relações militares entre o Brasil e Israel.

 

x

Select (Ctrl+A) and Copy (Ctrl+C)